comunicacao@igrejacristaevangelica.com.br
+55 (62) 3318-2092

Acedevida

        Meus irmãos, qual é o proveito, se alguém disser que tem fé, mas não tiver obras? Pode, acaso, semelhante fé salvá-lo?”. Assim, meados de 1985/86, é iniciado o projeto social (Missão Resgate) em Goiânia; onde a abnegada irmã Juviana, membro na época da ICE Campinas, emprestou uma casa por alguns anos (no bairro Jd. América na rua 104, também conhecida por Paraguai). Estabelecendo um ponto de acolhimento / albergue, para crianças em situação de abandono, infratores e moradores de rua. Faziam parte da equipe inicial os irmãos (Sônia Matos da ICE Central / hoje educadora cristã da ICEB; Lourenço Barbosa da ICE Novo Horizonte / na ICE Jd. América; Domingos e esposa que na ocasião membravam na ICE Novo Horizonte; UAF – união auxiliadora feminina Centro Sul / antes do desdobramento das duas regionais (Centro Sul e Sudoeste) e hoje Mulheres em Ação; irmãs (os) oriundos das ICE’s Central – Cidade Jardim – Campinas – Novo Horizonte – União – “Canaã”. Formavam um grupo / equipe de voluntários do projeto Missão Resgate (atendimento interno na casa cedida e nas ruas), elaborando refeições, cuidados internos de higienização, oração, evangelismo, aconselhamento; bem como distribuição de alimentação nas ruas e fazendo triagem para acolhimento regime albergue (atendimento no período do dia somente).


        Em carros próprios saiam pelas ruas dos bairros de Goiânia e região (centro, campinas e rodoviário). Levando alimento material, espiritual e aconselhamento às crianças em situação de rua e os que aceitavam a triagem para irem a casa de apoio social (eram conduzidos ao local que servia de albergue no Jd. América) a medida que eram alcançados e evangelizados na abordagem das ruas. Tais abnegados irmãos de nossas igrejas, prestavam serviço voluntário aos finais de semana e no meio da semana. Sem parceria com o poder público, realizavam essa obra social e evangelística com recursos pessoais e regime de doações diversas. Realizando e prestando árduo serviço social e no reino de Deus; de libertação, aconselhamento, discipulado e cuidados diversos à varias crianças e adolescentes (famílias carentes) nas ruas e no acolhimento em um período do dia. Na graça e dependência DIVINA, pois enfrentavam várias lutas e adversidades para prosseguirem atuantes com o projeto. Relatos que eram crianças – pré adolescente e adolescentes agressivos, rebeldes e arredios.

       No processo da obra assistencial prestada, o pr. Aílton Carvalho (na ocasião pastor na ICE Canaã / igreja não mais vinculada a ICEB) ingressou ajudando no referido projeto. Ficou ajudando por alguns anos – até o momento em que encabeçou (saindo do pastorado da referida igreja) e assumindo o projeto, dando personalidade Jurídica em 1992 como ACEDEVIDA – Associação dos Cristãos Evangélicos em Defesa da Vida – “Missão Resgate, nome dado em sua fundação inicial” (trabalho e serviço prestado desde o nascimento por abnegados pioneiros do serviço cristão prestado ao reino de Deus. Onde foi adquirido uma sede própria (no bairro Capuava) por meio de doações angariadas com irmãos, igrejas e organizações do exterior. E alguns anos depois um comodato com a (igreja central de Goiânia por ter sido mantenedora de um projeto social meados da década de 60/70 – ocasião da doação de um casal para tal projeto com crianças. Onde alguns anos depois foi encerrado). Assim efetivando-se o comodato da chácara com a ACEDEVIDA meados de 1996. O primeiro culto / vigília da efetivação desta unidade na chácara – ocorreu debaixo de uma frondosa árvore; e o pratrimônio físico para estruturação do projeto foi todo por meio de doações angariadas com irmãos, igrejas e organizações do exterior.

      Entretanto, ACEDEVIDA – Missão Resgate atualmente conta com um número de funcionários efetivos (exigência do poder público), um grupo de voluntários efetivos atuantes em loco nas duas unidades, grupo de colaboradores efetivos em doações variadas (ofertas financeiras, alimentos e donativos diversos) e outro grupo de esporádicos que ajudam em algum momento. Tendo como fonte de arrecadação principal (a mantenedora do projeto à ICEB). Contudo, o projeto ter tomado uma proporção maior e cada vez mais, necessidades para continuidade e ampliação do projeto. Necessitamos cada vez mais do envolvimento (pessoal, espiritual, financeiro e profissional dos membros / igrejas da ICEB). Principalmente nos cinco (5) últimos anos, ACEDEVIDA vem passando por momentos tanto quanto
(delicados – prejudiciais – administrativos / burocráticos – jurídicos) de situações urgentes e resoluções emergentes.


Descobrir as origens da Igreja Cristã Evangélica do Brasil (ICEB) é como descobrir a fonte de um rio. Em geral, muitas fontes contribuem na formação de um rio, cada uma fornecendo a sua quota de água. O mesmo se deu com o início da ICEB.

Leia Mais

Postagens Recentes