comunicacao@igrejacristaevangelica.com.br
+55 (62) 3318-2092

A guerra espiritual

Vigiai e orai.
Mateus 26.41 

Há pouco valor em apenas ser membro de uma igreja, contribuir
com nossos recursos, ser aluno de uma escola bíblica. Cristo chama
Seus discípulos a se doarem. Eles precisam aprender a diariamente
tomar sua cruz e segui-Lo. Fazer o que Ele deseja. Conhecer e aplicar
Seus ensinos. É a luta pelos valores da fé. Essa luta exige abnegação,
lidar com conflitos, esforços e uma infinidade de tensões no mundo
espiritual. A vida cristã tem como foco a satisfação de nosso Senhor.
Ele deve ser nosso Soberano. Isso significa que se nossa satisfação
pessoal vai contra a satisfação Dele, devo renunciar a minha. Existe
uma batalha que deve ser desenvolvida para o amadurecimento de
nossa fé (Jd 3). Nessa luta há um mundo espiritual maligno que não
quer nossa obediência a Deus (Ef 6.12). Este mundo composto por
poderes demoníacos fará todo o esforço para que não deixemos de
pecar. Pelo contrário, nos estimulará a vivermos uma carnalidade onde
o Espírito de Deus seja entristecido (Ef 4.17). É nesse ambiente, que
não vemos com os nossos olhos, que se trava a guerra espiritual. A
Bíblia nos ensina a combater o bom combate (1Tm 6.12). Deus quer
dar a Seus filhos todos os recursos para vencermos. Ele promete estar
conosco. Seu Espírito nos dá poder para conquistas. Pela fé podemos
dizer que somos mais que vencedores. O estudo da Bíblia, a disposição
em viver seus ensinos, e a dedicação ao exercício da oração são
imprescindíveis para vencer essa terrível batalha. Vigie e ore.


Descobrir as origens da Igreja Cristã Evangélica do Brasil (ICEB) é como descobrir a fonte de um rio. Em geral, muitas fontes contribuem na formação de um rio, cada uma fornecendo a sua quota de água. O mesmo se deu com o início da ICEB.

Leia Mais

Postagens Recentes