comunicacao@igrejacristaevangelica.com.br
+55 (62) 3318-2092

Vê esta mulher?

Em seguida, virou-se para a mulher e disse a Simão:
“Vê esta mulher?
Lucas 7.44


Em dias como o de hoje, palavras bonitas, elogios, exaltações,
presentes, flores, fazem com que muitas mulheres sintam-se elogiadas
e presenteadas. Algumas são destacadas por seu trabalho, outras pela
beleza, outras ainda pela importância social. Não obstante tantas
comemorações, muitas, milhões delas têm, neste dia, um dia muito
comum, ordinário. Um dia em que servirão como escravas, serão
mutiladas sexualmente, praticarão crimes, abortarão filhos, venderão
seus corpos, se autoflagelarão, sofrerão violência doméstica, serão
vendidas e até morrerão. Mulheres que passam despercebidas. Mas há
um Deus que as vê. Um Deus que ama cada uma delas. Um Deus que
cuida com amor daquelas que muitos repudiam. Um Deus que exalta
aquela que é só mais uma entre milhões num mundo das poderosas,
das ricas, das bonitas, das famosas, das doutoras, das mestras, das
empresárias, das fortes, das cheirosas. Precisamos aprender com essa
atitude de Jesus! Ele destaca uma mulher que era desprezada. Dá
a ela uma posição de destaque no meio de quem se acha melhor.
Por ironia, ela ensina a beleza de servi-Lo. Dar a Ele algo memorável.
Dar-se a si mesma por inteiro. Em meio ao desprezo, foi agraciada por
Jesus. Esteve perto Dele. Neste Dia Internacional da Mulher, existem
mulheres que precisam ser notadas. E existe um Jesus que as nota,
valoriza e ama cada uma delas. Isso é melhor que qualquer tributo.


Descobrir as origens da Igreja Cristã Evangélica do Brasil (ICEB) é como descobrir a fonte de um rio. Em geral, muitas fontes contribuem na formação de um rio, cada uma fornecendo a sua quota de água. O mesmo se deu com o início da ICEB.

Leia Mais

Postagens Recentes