comunicacao@igrejacristaevangelica.com.br
+55 (62) 3318-2092

Dois minutos de ICEB, maio de 2016

             “Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor” Js 24.15. “Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa” At 16.31.Nossa denominação dará prioridade durante o mês de maio para o tema Jesus, o Único Caminho para a Família. A ideia é tão simples que parece óbvia: não existe outra alternativa para nossas famílias a não ser Jesus. Assim como nos tempos de Josué, as ofertas de deuses a quem nossos antepassados serviram antes de conhecerem a Jesus (dalém do Eufrates) e as propostas do mundo pós-moderno atraem as pessoas e influenciam nossas famílias de modo intenso. Mais do que nunca, é tempo de firmar os valores mais fundamentais de nossa fé para servir ao Senhor, e influenciar decisivamente nossa família nessa mesma direção. Não há alternativa para “os de nossa casa” a não ser que creiam no Senhor.
Nesse mês de maio, desejamos fazer mais do que proteger ou preocupar-nos com nossa própria família. Jesus é o único caminho também para a família do nosso vizinho, do colega de trabalho, do funcionário da farmácia onde eventualmente chegamos para alguma compra... As famílias dos ricos e as dos pobres precisam de Jesus. Os que habitam seguros em casas próprias e os refugiados sofridos e sem saberem para onde ir, precisam de Jesus. As famílias dos ribeirinhos e as famílias dos sertanejos precisam de Jesus. Famílias de quilombolas e famílias de ciganos precisam de Jesus. Ele, e somente Ele, é o único caminho para todas as famílias da terra!!!
Nesse mês de maio, algumas sugestões podem ser praticadas em nossas igrejas:
a. Separar um tempo em um culto de domingo para orar especificamente pelas famílias. Seria bom encontrar uma maneira em que os principais pedidos de oração das família da igreja fossem compartilhados (os pedidos podem ser escritos em um papel e entregues na frente da igreja, ou compartilhados em pequenos grupos, mesmo na hora do culto...) para oração. Pode ser que o pastor pelas famílias todas, sem pedidos específicos. Os irmãos podem orarainda por uma família específica que não está presente na igreja, e precisa de Jesus.
b. Organizar um painel (entrevista, debate) em que sejam destacados os principais desafios que são enfrentados pela família nos dias de hoje, especialmente na realidade brasileira. Essa deve ser uma atividade bastante participativa, que inclua ao final um tempo de oração.
c. Organizar um “Dia Missionário da Família” em que se fale de missões com ênfase específica nas famílias carentes de salvação – pode-se falar em famílias na realidade muçulmana, ou no contexto animista, ou em campos de refugiados e povos em guerra etc.
d. Programar um tempo de oração por membros de nossas famílias que ainda não foram alcançados pelo Evangelho de Jesus ou estão afastados da comunhão da igreja.
e. Organizar uma festa “Celebrando Jesus na Família”, destacando motivos de alegria e a importância e Jesus para nossas famílias. Seria um tempo de gratidão e celebração – alegria mesmo!
f. Podemos ter um sermão com o tema “Jesus, o Único Caminho para a Família” em um dos cultos de domingo á noite. O site da denominação oferecerá até o final da próxima semana um ou dois esboços que sirvam como sugestão para os irmãos, mas há plena compreensão que cada pregador pode preparar seu próprio sermão.

Seguem outros temas de nossos “Dois Minutos” de hoje:

1. Convenção Espiritual Nacional – em Anápolis (ginásio da UniEvangélica), 07 a 10 de julho. Tema: Jesus, o Único Caminho. Não há taxa de inscrição para a convenção, mas apenas o gasto com hospedagem (e o kit dos seminários). Os participantes podem se hospedar no seminário (incluindo alimentação), hotel ou onde lhes for conveniente.
Desejamos ter pelo menos 2.000 pessoas nos cultos das noites e na manhã de domingo. O apoio dos irmãos é fundamental!!!


2. Atualizando as notícias do tratamento–Nessa semana apresentei exames bem completos ao médico, e ele nos informou que não há mais qualquer sinal do câncer no meu organismo. Também nessa semana recebi o resultado da biópsia de uma pequena cirurgia que levantava suspeita de câncer de pele – e o resultado foi negativo, graças a Deus.
Devo lidar com algum problema resultante do tratamento, e ser cuidadoso no acompanhamento que segue nos próximos anos, para prevenção e cuidado imediato em caso de retorno da doença. Convido os irmãos a louvar ao Senhor comigo e com a minha família, manifestando a Ele toda nossa gratidão!

3. Missão Cristã Evangélica – conforme decisão do concílio nacional, a MEAN tem trabalhado na estruturação da Missão Cristã Evangélica. Na última reunião da MEAN PLENA foi aprovado um ante-projeto do regimento (após trabalho de uma comissão composta por irmãos envolvidos em missões que representaram as diversas reuniões, e parecer de um grupo de advogados e contadores) e as orientações principais para os acertos finais. Foi nomeada a diretoria deliberativa, tendo à frente o Pr. Carlos Eduardo Barbosa como presidente e o diretor executivo, que é o atual diretor do departamento de missões, Pr. Gleiston Moraes. A diretoria já se reunirá no próximo dia 18 de maio, e terá uma apresentação pública durante a convenção nacional da ICEB, agora em julho.

4. Dia do Seminário – foi uma festa bonita e muito bem organizada. Louvamos ao Senhor por nosso SETECEB (premiado como o terceiro melhor seminário evangélico da América Latina!!) e parabenizamos a toda a equipe de diretores, professores, funcionários e alunos.

5. Dia da ACEDEVIDA – o aniversário será celebrado no próximo dia 14 de maio. Cada detalhe está sendo preparado para uma festa muito bonita, e todos estamos convidados!!

6. Projeto Férias para Jesus, no Rio de Janeiro–O projetodesseanoseránosdias 18 dejulho a 01 de agosto. Todas as informações estão disponíveis com o Departamento de Evangelização, liderado pelo Pr. Marco Antônio.

7. Acompanhamento de membro do quadro ministerial – entre as atividades do departamento ministerial está a aproximação aos obreiros em casos de necessidade para orientação, acompanhamento. Quando o DM atua no acompanhamento de um obreiro, visa sempre servir até liberação para continuidade em atividade efetiva ou encaminhamento para eventual disciplina (geralmente decidida pela MEAN, mediante parecer do DM). Esse deve ser um ministério discreto. Apenas no caso de disciplina ou desligamento do obreiro, informa-se oficialmente aos membros do quadro ministerial. O departamento também oferece apoio para que o obreiro que tenha passado por um acompanhamento seja integrado plenamente no ministério efetivo.

No Senhor, a quem servimos juntos,



Descobrir as origens da Igreja Cristã Evangélica do Brasil (ICEB) é como descobrir a fonte de um rio. Em geral, muitas fontes contribuem na formação de um rio, cada uma fornecendo a sua quota de água. O mesmo se deu com o início da ICEB.

Leia Mais

Postagens Recentes