#8 | Advento de Natal

Antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz.

Filipenses 2:7 e 8


Jesus assumiu figura humana, o próprio Deus pisou nessa terra. Essa afirmação nos parece simples, já que eventos como Natal, a Páscoa e a Ceia nos fazem lembrar desse fato, mas de simples, a encarnação de Jesus não tem nada.


Cristo homem é um dos maiores milagres e ao mesmo tempo mistério que existe. Cristo se esvaziou, esvaziou de sua glória para que pudéssemos ser cheios do Espírito de Deus. Cristo assumiu a forma de servo para que pudéssemos nos tornar herdeiros das maiores riquezas que existem. Cristo se humilhou para que um dia pudéssemos usufruir de um novo tempo. Cristo se tornou homem para que um dia pudéssemos ter um corpo glorificado. Cristo obedeceu até a morte, a morte mais humilhante da época, para que pudéssemos ter vida, vida abundante.


O nascimento de Jesus nos lembra que fomos salvos de maneira milagrosa por um Deus que se fez homem por amor a nós.