top of page

A Aldeia da Bíblia: história da Igreja Cristã Evangélica de Cristianópolis

No final do século XIX, após deixarem uma mineradora, três homens resolveram abrir um trabalho de evangelização na cidade de Ouro Preto-MG. Eram eles o canadense Reginald J. Young, o inglês Frederick Charles Glass e o americano George Frank Shifflersmith. Depois de quatro anos, em 1901, a base da colportagem e da evangelização foi transferida para São Paulo, dando início à Igreja Cristã Paulistana, sob a liderança de Reginald Young.  Glass seguiu pelo interior brasileiro e, em maio de 1902, plantou a Igreja Cristã Evangélica de Catalão (GO). Em 1904 a Igreja Cristã Evangélica da Cidade de Goiás e a de Santa Cruz, essa foi transferida em 1905 para Vila de Gamelleira.


Certa vez Glass estava num salão de culto na região de Catalão (GO), e percebeu um homem diferente no ambiente. Era o Sr. Francisco Pereira Faustino, habitante da Fazenda Córrego da Chuva, na época município de Santa Cruz. Faustino era um hábil manipulador de homeopatia e o único que sabia ler. Quando o povo deixou o recinto, ele conservou-se sentado. Profundamente impressionado, ajoelhou-se ao lado do missionário e recebeu com simplicidade o dom de Deus, levantando-se um novo homem em Jesus Cristo.


Francisco promoveu uma reunião com vizinhos em sua fazenda, e eles abraçaram a fé, abandonando seus ídolos. Glass os visitou novamente, ocasião em que batizou onze irmãos, iniciando o trabalho em Santa Cruz. Devido a terrível perseguição contra os protestantes, Francisco e Maria ofereceram uma grande extensão de terra para construir uma aldeia evangélica. Glass ofereceu um relógio de bolso ao que terminasse a primeira casa da aldeia. Iniciaram uma escola, um moinho de farinha e uma cooperativa.  Na aldeia não era permitido bebida, rapé, tabaco, jogo ou dança, e assim surgiu a Vila de Gamelleira, Distrito de Gamelleira e, por fim, cidade de Cristianópolis, em 23 de junho de 1953.


Em 01 de setembro de 1913 iniciou-se a Convenção da ICEB planejada pelo Sr. Bryce W. Ranken[1], que segundo Glass[2] durava oito dias, com uma participação média de quinhentas pessoas, muitas  das quais faziam a viagem de carro de boi ou a pé, percorrendo até quatrocentos quilômetros para participar.


O primeiro Concílio Goiano da Igreja Cristã Evangélica[3], sob a presidência do Rev. Bryce Ranken, foi instalado em Gamelleira em 02 de julho de 1923, com a finalidade de repassar a direção da Igreja para os nacionais. Na ocasião elegeu-se o Rev. Ricardo do Valle, o mais antigo ministro brasileiro. O primeiro pastor da igreja e um dos fundadores da cidade de Cristianópolis foi Ricardo do Valle. Ele estava com Glass e Ranken no começo da igreja em Santa Cruz e, na ocasião, foi enviado por Glass, juntamente com Murtinho, para a visita à Fazenda Córrego da Chuva[4]


O Pr. Acácio Gedeão Coutinho organizou e registrou a Igreja em 16 de maio de 1929, elegendo a sua primeira mesa administrativa, e iniciando a Escola Paroquial Evangélica de Cristianópolis, e convidou a professora francesa Catherinne Le Maire. Deu-se início à construção do novo templo (atual), cuja planta foi feita pelo Dr. Carlos Rozenckrantz, autor do projeto do templo de São José dos Campos (SP)[5].


Foram pastores da igreja nesses 120 anos: Pr. Sylas Coutinho filho, do Pr. Acácio; Pr. Marcos Arantes Brandão; Pr.  Waldyr da Silva Pinto; Pr. Nilton Arantes Cunha; Pr. Delio da Cruz; Pr. Arlindo Ribeiro; Pr. João Joaquim Alves; Pr. Joaquim Duarte; Pr. Raimundo Aires; Pr. Cidecil Abadias; e Pr. Jessé Parreira dos Santos. Em 1992, o Pr. Rosemar Pereira Faustino assumiu o pastorado, acompanhado de sua esposa Ivani. Ele é o atual pastor e descendente dos primeiros convertidos e fundadores da igreja de Cristianópolis.


A “Aldeia da Bíblia" tornou-se conhecida em boa parte do globo terrestre por meio da obra escrita por Frederick C. Glass, “Aventuras com a Bíblia no Brasil”, com 50 mil exemplares vendidos em 10 países, traduzidos em mais de seis idiomas, inclusive em Braille. Em 2018 a obra foi reeditada e publicada pela Editora Cristã Evangélica.


Que alegria ver a ação de Deus! Ele é o mesmo, continua salvando para sua glória e quer usar pessoas como eu e você para a expansão do seu Reino. Amém! 

 

[1]A. Machintare. South America Vol. III, Nº3 julho de 1914 p.77-78

[2] Glass, F. Charles. Aventuras com a Bíblia no Brasil p. 113

[3]O Élo da Fé p. 15-16 São Paulo, 18 de julho de 1923

[4]Os missionários e a fundação da Vila de Gamelleira. Esli Pereira Faustino p. 61

[5] Os missionários e a fundação da Vila de Gamelleira. Esli Pereira Faustino p. 44


_____________________________________________________________________

Pr. Rogério Alves de Carvalho

Pastor da ICE Jardim das Oliveiras - Belo Horizonte/MG

Comments


bottom of page