top of page

A OBEDIÊNCIA PLENA AO SENHOR

Em I Tm 1.12, Paulo afirma que a obediência plena ao Senhor é gerada no campo da gratidão. O fato de Paulo ter sido blasfemo, perseguidor e insolente, ainda que “na ignorância e na incredulidade” (vs.13), não o isentava do seu pecado. Ao ser salvo por Cristo, chegou à conclusão que suas atitudes, ao invés de serem em nome de Deus, estava, na verdade, “opondo-se a Deus”. Agora em seu estado de obediência plena, Paulo evidencia gratidão, pois mesmo tendo proferido insultos, calúnias, agredido, maltratado e ofendido de forma violenta e arrogante, tanto a Deus quanto às pessoas, a graça e a misericórdia de Deus o alcançaram. Sejamos gratos a Deus, pois, estas mesmas graça e misericórdia que caíram sobre Paulo recaem sobre nós ainda.


Paulo continua dizendo que a obediência plena ao Senhor gerada no campo da gratidão terá como fruto o ser modelo a ser seguido por outros (vs.16). Todos que somos chamados “cristãos”, temos por responsabilidade evidenciar Jesus Cristo em nossa vida e servir de modelo aos que ainda não conhecem a Jesus. Gratidão não é somente sentir e dizer “obrigado Deus”. Gratidão é expressar, é evidenciar, é transparecer um modelo a ser seguido. A reflexão é: quando outros olham para meu testemunho em casa, na família, no trabalho, em sociedade, elas estão vendo a Jesus? Será que, com tranquilidade, sem medo de ser pedra de tropeço, eu poderia dizer: “Sejam meus imitadores, e andem segundo o meu modelo, pois eu imito e sigo a vida de Cristo”?


E então Paulo conclui (vs.18) que a obediência plena ao Senhor gerada no campo da gratidão terá como fruto o ser modelo a ser seguido por outros ao combatermos o bom combate. Como UM SOLDADO OFICIAL COMBATENTE DA MAIS EXCELENTE CATEGORIA, Timóteo está encarregado de guardar o bem mais valioso: ZELAR PELA SÃ DOUTRINA-“a fim de que não ensinem outra doutrina” (vs.3). Paulo diz no vs.19 que quem não consegue assim viver será como um capitão que larga o timão do navio, se despedaça em rochas, virá ao naufrágio e afundará. Precisamos zelar pela Igreja que prega a Palavra de Deus fielmente e que a vive diariamente. Sejamos como Timóteo! Fomos arregimentados como soldados oficiais combatentes da mais excelente categoria.


Sejamos gratos a Deus por tão grande salvação, por nos considerar fiéis para servi-Lo, e possamos todos os dias evidenciar a Jesus, servindo de modelo a todos os que hão de crer nEle para a vida eterna. Você foi arregimentado. Avante Soldado! Combata o bom combate!


 

Pr. Douglas Sales

ICE Xinguara – PA


Comments


bottom of page