top of page

PRONUNCIAMENTO DA IGREJA CRISTÃ EVANGÉLICA DO BRASIL SOBRE AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES

A ICEB entende que o cristão, em sua caminhada neste mundo, deve exercer os seus deveres e direitos de cidadão. Participar de um processo eleitoral, seja votando ou sendo votado, está no raio de ação de cada um de nós.


O voto de cada cristão deve ser privativo a ele, no entanto, como liderança denominacional, aconselhamos que os membros de nossas igrejas procurem votar, a nível nacional e estadual, em candidatos que defendam as causas mais próximas do cristianismo, da moralidade, da idoneidade, dos valores básicos da família e da sociedade como um todo. Entendemos que ao votar em um candidato estamos sinalizando que concordamos com a sua pauta e respaldando as suas ações futuras.


Esta Mesa Nacional entende ainda que toda autoridade é instituída por Deus e aqueles que serão eleitos, mesmo não sendo salvos, podem, a exemplo de Nabucodonosor e Dario, contemplados na história bíblica, cumprir um papel importante para o bem de uma nação. É bom lembrar, no entanto, que a igreja sempre será vitoriosa neste mundo, independentemente dos que o governam.


O cristão já ora pelas autoridades, obedecendo o preceito bíblico de 1 Tm 2.1 a 3, mas deve orar também por si mesmo para que escolha, nas próximas eleições, os seus candidatos.

Finalmente esta Mesa Nacional ora e trabalha para que as questões que envolvem as próximas eleições, não atrapalhem a unidade da igreja, tão clara nas Escrituras Sagradas. Como bem descreveu alguém: Aquele que nos une é maior do que aquilo que nos divide.


Pr. Luiz César Nunes de Araújo.

Presidente da ICEB.

Comments


bottom of page