Por que devemos plantar igrejas?

Sua igreja local pode estar vivendo um bom momento e crescendo, ou talvez num momento de estagnação, vendo sua membresia diminuir ano após ano. Infelizmente cerca de 70% das igrejas evangélicas estão nesta segunda categoria. Pesquisas recentes constataram que as igrejas não alcançam mais as pessoas através de grandes cruzadas evangelísticas, mas, sim, através do plantio de novas igrejas. Essa afirmação, baseada em observação e constante avaliação, poderia ser suficiente para nos empenharmos no plantio de novas igrejas, mas ainda desejo discorrer sobre o assunto: Por que devemos plantar igrejas?


Porque todas as pessoas em toda parte precisam de Jesus Cristo


Visto que todos precisam de Jesus Cristo para serem salvos da condenação eterna, muitas igrejas precisam ser plantadas entre todos os povos. Os crentes alcançarão mais pessoas com as boas novas do evangelho, muitos receberão a Jesus Cristo como Salvador e Senhor de suas vidas, novas igrejas surgirão que, por sua vez, iniciarão outras igrejas. Como consequência, ir por todo o mundo e fazer discípulos é ordem de Jesus Cristo e temos de obedecê-la!


Muitas igrejas ainda precisam ser revitalizadas, mas ao mesmo tempo devem estar envolvidas na plantação de novas igrejas. Este movimento evangelístico-missionário da igreja plantadora contribuirá para que a revitalização seja mais rápida e consistente.


Porque é o plano utilizado no Novo Testamento


No livro de Atos e nas epístolas, quando os apóstolos e os discípulos saíram mundo afora cumprindo a Grande Comissão, eles não se dirigiram apenas às pessoas de maneira individual, mas também plantaram igrejas. Nós precisamos fazer o mesmo.


Quando o evangelho chegou em Antioquia (At 11.19-26), a igreja em Jerusalém logo enviou Barnabé, que depois de algum tempo viajou para Tarso à procura de Saulo e o levou para Antioquia. Juntos trabalharam na plantação daquela igreja, que por sua vez se consolidou como plantadora de outras igrejas em toda a Ásia Menor e até os confins da Terra.


Porque uma denominação que pretende crescer e permanecer, tem que plantar igrejas


Tudo que tem vida cresce e se aperfeiçoa ou fica estagnado e se deteriora. Desde o início da nossa história denominacional fomos plantados para crescer e dar frutos. Porém, uma denominação não crescerá de forma saudável se as igrejas que dela fazem parte não se multiplicarem. Denominações que não plantam igrejas encolhem e, no decorrer dos anos, perdem sua relevância perante o mundo não cristão.


Porque o esforço na plantação de novas igrejas motiva os crentes da igreja local envolvida na plantação


Igrejas que plantam novas igrejas são mais saudáveis do que as outras. Quando os membros da igreja plantadora contemplam conversões de incrédulos e batismos de novos crentes, eles são motivados a continuar compartilhando o evangelho e a servir a Deus com entusiasmo na igreja local.


Devemos crer que Deus continuará fazendo o que ama fazer: Usar a sua Igreja para plantar novas igrejas!

Pr. Jadir Siqueira

ICE Boas Novas

@pr.jadirsiqueira