top of page

ENTREVISTA: PASTOR SEBASTIÃO ANACLETO – 92 ANOS – UMA HISTÓRIA SOB O CUIDADE DE DEUS

Atualizado: há 3 dias

O Pr. Sebastião Anacleto de Souza tem uma história de mais de 62 anos dedicados à ICEB, reconhecido em São Paulo como um dos grandes nomes da formação da história da ICEB.

O Pr. Sebastião está atuante no pastorado na ICE em Lauzane Paulista, em São Paulo, Capital.

Em reconhecimento aos seus relevantes serviços prestados à obra do Senhor, a ICEB realizou uma entrevista especial com o pastor Sebastião Anacleto. Nela o leitor terá a oportunidade de conhecer mais sobre a história desse homem de Deus e seu chamado ao ministério. Confira abaixo:


1.       Como se deu a sua conversão? Quando e como foi o seu chamado ao Ministério?

Minha decisão se deu em 1953, em uma visita à Igreja Batista em Leopoldo de Bulhões. Como eu era aluno da EBD na Igreja Cristã Evangélica desde 1952, lá permaneci, sendo batizado pelo Pr. Ovídio.

Quanto ao meu chamado, ele ocorreu em uma Convenção em Cristianópolis, quando ouvi sobre o chamado, a vocação e o preparo para o Ministério. Quando de volta para casa, mesmo não falando nada para minha família, sentia que Deus estava me chamando para fazer parte da obra dEle.


2.      Conte-nos um pouco sobre sua família.

Tanto minha esposa quanto meus três filhos, são e estão todos integrados à Igreja, sempre colaborando com o meu ministério.

Durante todo o meu ministério pastoral contei com o grande auxílio da minha esposa Euna Severino de Souza, que trabalhou ao meu lado como Educadora Cristã.


3.      Como foi sua experiência em sua primeira igreja local? E onde foi?

Foi em Vila Medeiros – Igreja Congregacional. Era o início de um aprendizado com o meu Estágio Ministerial. Não foi tão fácil porque o sistema de governo daquela Igreja é diferente da ICEB; mas, valeu a pena.


4.      Conte-nos um pouco de sua trajetória ministerial, nas igrejas que o senhor pastoreou.

Deu-se em 1963, quando apresentei a minha tese de aprovação em Santos.

Fui pastor das Igrejas: Congregacional de Vila Medeiros, por 2 anos; Cristã Evangélica de Vila Santa Isabel, por 3 anos; Cristã Evangélica do Mandaqui, por 19 anos sequentes; e, atualmente, sirvo ao Senhor no pastorado da Igreja Cristã Evangélica do Lauzane Paulista, onde estou desde 1987.

Durante meu pastorado, tive também a oportunidade de atender, como Pastor Interino, outras Igrejas da Região Sul, dando assistência eclesiástica e administrativa local.


5.      Nesses 92 anos de vida, qual ou quais experiências mais marcaram a sua vida na igreja.

O que foi marcante para mim nos meus 92 anos foi trabalhar nas Igrejas com pessoas que aceitaram o meu modo de administração, dando pleno apoio. Pela graça do nosso Deus, atualmente, podemos constatar com alegria que irmãos que mourejaram conosco, hoje, fazem parte do Ministério da Palavra, alguns deles em outras Denominações.


6.      Para o senhor, o que significa ser pastor, pregador do Evangelho?

Ser Pastor é dedicar-se ao chamado do Senhor. Nunca esmorecer, mesmo diante de grandes provações, lutas e barreiras.


7.      Qual conselho que o senhor deixa para os que almejam o ministério pastoral?

A pessoa que almeja o Ministério não pode ter dúvidas do seu chamado. Ela deve orar, preparar-se e ter convicção do que almeja. Se Deus a chama, Ele a capacitará porque é Ele quem está no Comando.


8.      De pastor para pastores, qual seria uma palavra do senhor aos pastores da nossa Denominação?

Deixo o conselho de I Coríntios 15:58: “Sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.”


9.      Deseja deixar algum agradecimento?

Agradeço a Deus que tem me sustentado e, até aqui, ajudado. E agradeço à ICEB pela confiança e oportunidade de estar incluso em seu “Quadro Ministerial”.


________________________________________________________________________

Pr. Sebastião Anacleto

Comments


bottom of page