#9 | Advento de Natal

E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai.

João 1: 14


Por que Jesus nasceu? Piper diz que “O Natal é uma acusação antes de se tornar um deleite.”


Ele tem razão, pois se a humanidade não tivesse longe de Deus, não teria razão para o nascimento, vida, morte e ressurreição de Cristo.


Contudo, o próprio Deus se tornou carne para que pudéssemos nascer do Espírito. O próprio Deus se tornou homem, e viveu todo tipo de dor, necessidade, sofrimento, sentimento e tentação que um homem de carne e osso vive.


Sem o nascimento de Cristo, estaríamos perdidos, sem o nascimento de Cristo, a morte seria o nosso destino, sem o nascimento de Cristo o caminho ao Pai estaria totalmente restrito.


O nascimento de Jesus nos lembra que estávamos perdidos, sem um norte, sem salvação e esperança. Em Jesus podemos ter a esperança de um maravilhoso tempo vindouro com Deus Pai.


O Natal é Cristo, é a esperança que Ele nos trouxe, é a salvação por nossos pecados e o reencontro eterno com o nosso Criador.